Dicas e roteiros de viagem

Venha se inspirar a embarcar no seu próximo destino.

Saiba o que fazer em Foz do Iguaçu

Saiba o que fazer em Foz do Iguaçu

Opções de o que fazer em Foz do Iguaçu não faltam. A cidade, localizada na região Oeste do estado do Paraná, forma uma área urbana trinacional com mais de 700 mil habitantes, constituída também por Ciudad del Este, no Paraguai, e Puerto Iguazú, na Argentina — países com os quais faz fronteira.

Por essa particularidade, um dos pontos turísticos mais visitados é o Marco das Três Fronteiras. Além disso, as belezas naturais das Cataratas do Iguaçu, do Parque Nacional do Iguaçu e do Parque das Aves atraem turistas de todo o país e do exterior.

Outras opções interessantes de passeios são as compras em Ciudad del Este, no Paraguai, ou apostar as fichas no cassino do lado argentino da fronteira. Uma boa ideia para aproveitar tudo é alugar um carro no país vizinho para se deslocar mais livremente. Quer saber mais sobre o que fazer em Foz do Iguaçu? Acompanhe as dicas que preparamos!

Cataratas do Iguaçu

Rodeada pela Mata Atlântica preservada estão as Cataratas do Iguaçu, localizadas entre o Brasil e a Argentina. Além do espetáculo que proporcionam, formam o maior conjunto de quedas d’água, em extensão, do mundo.

Consideradas como uma das novas Sete Maravilhas da Natureza, têm 19 saltos principais, cinco deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro, Benjamin Constant, Santa Maria e União) e os demais no lado argentino. O maior deles tem 80 metros de altura e se chama Garganta do Diabo.

Em média, são 1.500 m³ de água por segundo de vazão. O formato de ferradura das cataratas possibilita uma vista panorâmica e única no lado brasileiro, porque a maior parte dos saltos está no lado argentino, voltados para o Brasil. No entanto, as quedas podem ser visitadas pelos dois lados da fronteira numa infraestrutura formada por passarelas, mirantes, lanchonetes, restaurantes, banheiros e lojas.

O turista pode fazer a trilha habitual e ir até a passarela para ver de perto as Cataratas do Iguaçu. Além disso, conta ainda com outros programas oferecidos e pagos à parte, como voo de helicóptero, passeio de barco, chamado Macuco Safari, e a Trilha das Bananeiras e do Poço Preto.

Passeio de barco, Cataratas do Iguaçu Passeio de barco, Cataratas do Iguaçu – PR

Leia também: As grandiosas e imponentes Cataratas do Iguaçu

Parque Nacional do Iguaçu

São mais de 600 mil hectares de áreas protegidas, divididas entre Brasil e Argentina. No lado argentino, está o Parque Nacional Iguazú, enquanto, no brasileiro, o Parque Nacional do Iguaçu.

Criado em 1939, hoje o parque é o habitat de diversas espécies em extinção, como a onça-pintada, o jacaré-de-papo-amarelo e a araucária. Foi considerado como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela Unesco em 1986, e é nessa biodiversidade da Mata Atlântica que estão as Cataratas do Iguaçu.

O turista tem vários passeios para realizar, que incluem trilhas com condutores que repassarão informações técnicas sobre a fauna, flora e demais curiosidades do Parque Nacional. É possível, ainda, escolher um pacote com descida de rapel de 20 metros nas águas do Salto Macuco. Para quem curte rafting, existe a opção de descer de bote inflável pelas corredeiras do Rio Iguaçu.

Pontos turísticos de Foz do Iguaçu

O que fazer em Foz do Iguaçu em 5 dias? Alternativas não faltam! Alugar um carro e passear pela cidade é uma ideia bem interessante, pois ela conta com muita pluralidade cultural.

É possível conhecer a mesquita muçulmana sunita Omar Ibn Al-Khattab, datada de 1981, com visitas guiadas. Também tem o Templo Budista Chen Tien, próximo ao Rio Paraná, que divide Brasil e Paraguai. No local, há um ambiente próprio para orações e um parque de esculturas.

Fachada do tempo budista, Foz do Iguaçu - PR Templo Budista Chen Tien

À noite, você pode se deslocar até a Argentina e apostar algumas fichas no Iguazú Grand Resort & Casino. O local é muito próximo e não envolve grandes deslocamentos — dá para ir de carro mesmo.

Quer mais diversão? Então se prepare para conhecer o Dreams Ice Bar, com temperatura em torno de -10°C, esculturas de gelo e bebida liberada. Os passeios duram 30 minutos e o ambiente é todo feito em gelo. O visitante recebe um casaco e luvas para entrar, mas é importante ir preparado para enfrentar o frio.

Quem prefere temperaturas mais amenas não pode deixar de visitar o Blue Park, um parque aquático de águas termais — considerada a terceira maior praia termal com ondas do mundo. Prepare-se para passar o dia inteiro aproveitando os nove tipos de ondas que chegam a ter 1,20m de altura, num ambiente paradisíaco em que a cor da água lembra o mar caribenho.

Outra pedida é conhecer a Usina Hidrelétrica de Itaipu, que é a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta e um projeto binacional entre Brasil e Paraguai. Os turistas realizam uma visita panorâmica em que podem conhecer os principais pontos da usina e do reservatório que abastece Itaipu. O local conta com mirantes e com a gigantesca barragem de, aproximadamente, 8 km de extensão e 196 m de altura. Além disso, há um reservatório de 1.350 km².

Parque das Aves

Se você está em Foz do Iguaçu, não pode deixar de pegar o carro e ir até o Parque das Aves. O local é mais recente, criado em 1994, e oferece as condições ideais para a reprodução de animais e a preservação ambiental.

São 17 hectares de mata nativa, em que estão distribuídos viveiros de aves tropicais raras e coloridas. Lá, é possível encontrar periquitos, araras, flamingos e tucanos. O parque tem ainda um borboletário, viveiro de beija-flores e o setor de répteis com cobras e jacarés.

São cerca de 1.500 aves de 140 espécies, sendo 90% das aves da Mata Atlântica. É possível, dentro do passeio opcional Backstage Experience, até mesmo tirar foto com uma arara em seu braço.

Mulher com aves nos braços no Parque das Aves em Foz do Iguaçu Parque das Aves, Foz do Iguaçu – PR

Marco das 3 Fronteiras

Já pensou estar em três países ao mesmo tempo? Em Foz do Iguaçu é possível. Como falamos, Brasil, Argentina e Paraguai estabeleceram ali os seus limites territoriais. Os três países selaram uma integração ao construir obeliscos que passaram a ser chamados de Marco das Três Fronteiras.

Cada obelisco tem um formato pintado com as cores do respectivo país. O marco brasileiro tem forma de pirâmide e o seu mirante oferece uma das mais belas visões da região. Do alto, é possível, com vista panorâmica dos três países, observar o encontro dos Rios Iguaçu e Paraná.

Tem muita coisa legal pra se fazer em Foz! E se você for curtir tudo isso com o seu veículo próprio, não se esqueça de fazer a revisão do carro antes. A Localiza pode ajudar com a Revisão do Carro Localiza+. Com ele, você pode pegar estrada com tranquilidade e segurança.