Logon 4 viajando-por-petropolis-teresopolis.aspx

    ​​Viajando por Petrópolis e Teresópolis​


    Com um centro histórico digno de ce​nário de filme e natureza intocada que dá a impressão de que fomos parar numa ilha remota em algum lugar perdido no meio do oceano, uma viagem a Paraty é inesquecível e renova as energias de qualquer um. A melhor notícia: o acesso é super fácil, e a cidade fica a 4h40 de São Paulo (3h30 do aeroporto de Guarulhos!) via BR116 e a 4h do Rio (3h45 do Galeão), via BR101.

    Não importa quantos dias você vai passar por ali, Paraty tem passeios imperdíveis. Vamos conferir um roteiro para 2 ou 3 dias? ​​​

      ​Centro Histórico
      Passear pelo Centro Histórico nos dá a sensação de que o tempo parou. É muito legal andar pelas ruas e perceber a arquitetura das igrejas e casas do século XVIII. A Casa de Cultura é um ótimo local para entender mais da história da cidade e, no começo da noite, o centro recebe um clima mágico e especial, quando todas as luzes da cidade estão acesas. Escolha um bar com música ao vivo e aproveite para recarregar as energias, mas não esqueça de antes "bater perna" para apreciar as ruelas de paralelepípedo, as lojinhas de artesanato e o clima tranquilo, além dos restaurantes deliciosos, como o Banana da Terra, um dos mais tradicionais da região, e o Casa Coupê, de clima descontraído e música ao vivo. A loja ​Armazém Paraty vende arte indígena produzida nos quatro cantos do país, e a pequena Ninui traz artesanato local.
      Bate-volta em Trindade
      Siga de carro pela BR 101 em direção a vila de Trindade que não pode ficar de fora do roteiro! A sugestão é ir bem cedo e ir direto para as piscinas naturais do Cachadaço, um dos pontos mais populares da vila. Para chegar, basta ir até a Praia do Meio e pegar uma trilha de 10 minutos até a Praia do Cachadaço, mais selvagem do que a anterior. Dali, há ainda mais uma trilha, de 20-30 minutos, bem sinalizada e relativamente fácil, com alguma dificuldade apenas em épocas de chuva e na maré alta. 
      ​​
      Saindo das piscinas naturais, é hora de partir para a Cachoeira da Pedra que Engole, acessível pela Praia do Meio. Ela é muito procurada e divertida, pois as pedras estão posicionadas de tal forma que te "engolem" para dentro de um túnel que cai numa pequena piscina natural - é super divertido e seguro. No mes​mo acesso a partir da Praia do Meio, você chega também na Cachoeira do Escorrega, um escorregador natural que deságua em águas claras. No fim, vale seguir para a Cachoeira dos Codós para repor as energias com sua beleza natural de cair o queixo, ou voltar direto para a Praia do Meio e aproveitar o resto do dia relaxando por lá.

      Conteúdo criado por PLOT CONSULTORIA DE VIAGENS.​​​