Dicas e roteiros de viagem

Venha se inspirar a embarcar no seu próximo destino.

Dicas sobre o que fazer em Natal

O que fazer em Natal

Natal, no Rio Grande do Norte é um destino que não deve faltar na sua lista de viagens. Você vai se deparar com belezas naturais e pontos turísticos belíssimos e com muita história, além de se deliciar com os cardápios dos restaurantes locais. As opções de atividades na região são muitas, o que levanta a questão: o que fazer em Natal

Como a extensão da cidade não é tão grande, é fácil percorrê-la, então já adiantamos que vale a pena alugar um carro para se deslocar. Uma outra dica é quanto ao período de viajar para lá. A melhor época é entre setembro e janeiro, meses com pouca chuva na região. Já entre fevereiro e agosto, costuma chover com mais frequência. O inverno na cidade, de junho a agosto, é marcado por mais precipitações, já que as temperaturas não variam muito durante o ano.

Ansioso por conhecer Natal? Não é à toa que a capital potiguar é considerada um dos melhores destinos do país. Por isso, preparamos algumas dicas para você aproveitar ao longo de sua viagem.  Assim, você poderá montar seu roteiro e se divertir no Rio Grande do Norte. As praias geralmente são as mais procuradas, mas saiba que existem outros passeios interessantes na própria cidade e trilhas nos municípios mais perto. 

Anote todas as dicas e aproveite o melhor de Natal!

O que fazer em Natal em 7 dias?

Seu plano pode ser o mais diversificado possível. Mas vamos começar por elencar praias na capital e arredores, que são de fácil acesso e possibilitam que você se desloque tranquilamente de carro.

Praia da Ponta Negra

Claro que a Praia da Ponta Negra estaria na primeira posição da nossa lista. Afinal, é uma das mais visitadas e cartão-postal do estado. Ali está o Morro do Careca, que é a duna mais famosa da cidade, com 107 metros de altura, e que se transformou em uma Zona de Proteção Ambiental. 

O viajante contempla hoje o morro de longe, mas há barqueiros que o contornam até uma faixa de areia completamente deserta. O local mais conhecido é a Praia das Tartarugas. Não tem estrutura turística e somente vão os mais aventureiros em busca de seu mar agitado e ondas altas para praticar surfe!

A Praia da Ponta Negra ainda guarda outras surpresas: o passeio de Jangalancha, uma mega jangada, que também revela a paisagem que o Morro do Careca esconde. A saída é feita em diferentes horas durante o dia. Os turistas contornam o cartão-postal de Natal até a praia do Alagamar, que é território da Aeronáutica. Ali, os passageiros têm 20 minutos para mergulhar e caminhar no rasinho, dentro d’água. Se tiverem sorte, podem avistar golfinhos e tartarugas no trajeto. Não é demais?

Contando os deslocamentos, o passeio dura em torno de uma hora.

Na Praia da Ponta Negra você também pode tomar um delicioso banho de mar e praticar atividades aquáticas, como stand up paddle, windsurfe, surfe e kitesurfe. E ainda há mais diversão! É que a região tem uma vida noturna bem badalada com bares e restaurantes. A gastronomia é sensacional!

Praia da Ponta Negra, Natal - RN
Praia da Ponta Negra, Natal – RN

Praia do Forte, Praia do Meio e Praia dos Artistas

Está à procura de um local mais calmo? A Praia do Forte é a ideal. Para completar a paisagem você tem o Forte dos Reis Magos e a Ponte Newton Navarro. A região é recheada de barracas e os fins de semana são os mais movimentados, porque as famílias levam a criançada para se banhar nas piscininhas que se formam na praia!

Já a Praia do Meio e a Praia dos Artistas não são tão conhecidas atualmente. Mas, antes de Ponta Negra ficar badalada, eram as mais frequentadas e ficam bem próximas dos bairros tradicionais da cidade (Petrópolis e Tirol). No entanto, elas ainda conservam seus encantos, principalmente a Praia do Meio, que é protegida por recifes que formam piscinas naturais à beira-mar durante a maré baixa. Além disso, na orla você encontra quiosques padronizados e barracas.

Se decidir colocar as praias centrais no seu trajeto, poderá ainda incluir mais passeios: visita ao Forte dos Reis Magos, que está bem ao lado. Além disso, ao atravessar a ponte Newton Navarro tem o Aquário Natal em Genipabu ou então se deliciar com uma jinga com tapioca no Mercado da Redinha. E ao fim do dia, sem se deslocar muito, poder contemplar o pôr-do-sol num passeio de catamarã. É sensacional!

Praia do Cotovelo e Praia de Camurupim

Você sabia que Natal e os municípios de Parnamirim e Nísia Floresta somam juntos 40 quilômetros de costa?

No município de Parnamirim, por exemplo, a Praia de Cotovelo, que fica a 12 quilômetros de Ponta Negra, é uma ótima alternativa para quem busca uma praia gostosa de tomar banho, mas com aspecto mais selvagem do que Ponta Negra. A praia é bem extensa e a areia é dura na maré baixa, com suas falésias ao lado direito. Dessa praia, você está somente a três quilômetros do maior cajueiro do mundo, e poderá conhecê-lo. Outra opção é fazer um passeio de barco aos parrachos de Pirangi.

Um pouco mais, 28 quilômetros de Ponta Negra, tem a Praia de Camurupim, em Nísia Floresta. Por lá, quando os recifes represam a água do mar, a praia vira uma enorme piscina!

Antes de visitá-la, consulte a tábua das marés e descubra se o dia está propício para o seu tão sonhado banho de mar. Dali, você também consegue passar no maior cajueiro do mundo e no Mirante dos Golfinhos.

Caso você não consiga se deliciar na mar-piscina de Camurupim, a Lagoa de Arituba é uma alternativa. A lagoa tem barracas com cadeiras, guarda-sóis, caiaques e pranchas SUP para alugar. 

Quer saber o que fazer em Natal em 4 dias?  

Passeios de buggy

Com emoção ou sem emoção? Cuidado, avalie bem ao pedir seu passeio de buggy. O com emoção significa manobras mais radicais. Caso opte por elas, verifique se o veículo tem a segurança necessária para esse tipo de viagem. Afinal, você vai subir e descer as dunas de Genipabu!

Os itinerários são bem diversificados. Você pode contratar esse serviço de diferentes formas: no hotel, na orla de Ponta Negra ou ainda pode ir de carro até Genipabu e negociar o passeio localmente no estacionamento atrás das dunas.

Família passeando de buggy na praia Genipabu, Natal - RN
Passeio de buggy na Praia Genipabu, Natal – RN

Litoral norte

Um dos itinerários do litoral norte conta com paradas em lagoas e brincadeiras como aerobunda (tirolesa) e esquibunda (sandboard). Passa pelo Aquário Natal – pode visitar na ida ou na volta – e depois se dirige às dunas fixas de Genipabu, para visitar o mirante e conhecer os dromedários. Vão ainda a Praia e a Lagoa de Pitangui, com direito a banho. Daí, chega a  parte mais esperada: o passeio pelas dunas móveis, que é feito em território privado nas dunas de Pitangui e Jacumã.

Litoral sul

Pelo litoral sul, os bugueiros vão até Pipa, percorrendo as dunas do Malembá e atravessando a Lagoa Guaraíras de balsa. O trajeto inclui paradas para fotos nas praias do Cotovelo, de Pirangi (pare no Maior Cajueiro do Mundo, caso ainda não tenha visitado), no Mirante dos Golfinhos, na Lagoa de Arituba e na praia de Camurupim. Finalmente, chegam as Dunas de Malembá. Geralmente, os bugueiros passam pelo centro de Pipa para seguir até o Chapadão, a última parada.

O que comer em Natal?

Tá cansado de tanta manobra? Então, precisa se alimentar em um dos muitos restaurantes e bares de Natal. Há para todos os gostos. Quer uma dica? Escolha frutos do mar. Afinal, você está em Natal! Você também pode provar os famosos pratos regionais galinha a cabidela, baião-de-dois e capote.

Descubra também: dicas de viagem na Serra Gaúcha.

Garanta o carro ideal para aproveitar a sua temporada em Natal, Rio Grande do Norte

Aqui, na Localiza, nós contamos com automóveis para os mais diversos gostos e necessidades. Saiba mais sobre as opções de aluguel de carros e encontre a opção perfeita para você.

Se você optar por usar o seu veículo próprio para visitar Natal, não se esqueça de fazer a revisão do carro antes. A Localiza te ajuda com o Plano de Revisão do Carro Localiza+. Com ele, você pode pegar estrada com tranquilidade e segurança. 

Leia também:

Conheça Pipa, a Santorini brasileira